A Escolinha de Trânsito da Brigada Militar já conscientizou mais de oito mil pessoas neste verão.

FONTE O SUL//Mais de 8 mil crianças, adolescentes e adultos participaram das atividades da Escolinha de Trânsito do CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar) desde o início da 48º Operação Golfinho, em 14 de dezembro de 2017. O programa busca formar multiplicadores para reduzir o número de acidentes de trânsito e também levar conhecimento, tanto teórico quanto prático, aos futuros condutores. As crianças são orientadas para que atravessem sempre na faixa de segurança olhando para ambos os lados, respeitando os condutores dos veículos para que possam ser respeitados como pedestres.

Aos adultos, procura conscientizá-los para cumprirem as regras de trânsito, como o uso do cinto de segurança, respeito aos pedestres, não exceder a velocidade permitida na via, não ultrapassar em local proibido, não usar telefone celular quando estiver dirigindo, entre outras condutas.

Em Tramandaí, dentre as crianças que passaram pela Escolinha, o menino Mateus, de 6 anos, de Sapucaia do Sul, disse animado “já sei até dirigir”. O pequeno estava acompanhado de sua mãe Renata, que destacou a satisfação do filho em participar das atividades.

Também participaram Pedro e Mateus, gêmeos de 9 anos, juntamente com sua avó Giovanna, moradores de Tramandaí. “Sempre que a Escolinha de Trânsito está na cidade viemos brincar e aprender, achamos legal e aprendemos até a andar de bicicleta grande” disseram os gêmeos.

A iniciativa existe há mais de dez anos junto à Operação Golfinho da Brigada Militar. O cronograma de atividades prevê a presença da Escolinha um dia em cada balneário, podendo a programação ser acompanhada pelo Twitter oficial da Brigada Militar.

Viagem Segura

Detran-RS, Polícia Rodoviária Federal, Brigada Militar e Comando Rodoviário estão mobilizados para a Viagem Segura de Navegantes, que tem início à zero hora desta quinta-feira (1º). A 84ª edição da operação se estende por quatro dias, até a meia-noite de domingo (4), com especial atenção para o Litoral, onde acontecerá também um festival de música na praia de Atlântida.

Além da fiscalização nas rodovias, a Balada Segura está trabalhando no Litoral para prevenir acidentes provocados pelo consumo de álcool. A saída para o feriadão, na noite desta quarta (31) também será monitorada em Porto Alegre, quando Brigada Militar, Detran-RS, EPTC e Polícia Civil desenvolvem a já tradicional Megablitz.

Acidentes

Segundo levantamento do Detran-RS, entre janeiro de 2007 e junho de 2017, a média dos 15 feriados ou datas festivas em que ocorre a operação aponta 6,4 mortes por dia. No feriado de Navegantes, a média é um pouco mais baixa: 5,5 mortes/dia. No ano passado, foram 28 vítimas durante os cinco dias do feriado, considerando as que morrem até 30 dias pós-acidente. Avaliando a média geral da acidentalidade no Estado, a análise aponta para 62% das vítimas fatais foram oriundas de acidentes que ocorreram nas rodovias, contra 38% nas vias municipais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *