A polícia prendeu o líder de uma facção criminosa que atua na Serra Gaúcha

FONTE O SUL//A Polícia Civil prendeu, no final da tarde de quarta-feira (09), o principal líder de uma facção criminosa que atua em Canela, na Serra Gaúcha. Ele vinha sendo investigado há mais de um ano e é considerado o comandante do tráfico de drogas na região.

Segundo a polícia, o bandido trazia drogas para Canela e distribuía a outros traficantes, que agiam sob seu comando. O bandido também possui envolvimento em outros crimes, incluindo um assalto à mão armada a um estabelecimento comercial na rua Dona Carlinda, em 20 de dezembro de 2017.

O homem ainda foi ouvido como testemunha em um homicídio, ocorrido em março deste ano, quando a vítima, também com envolvimento com o tráfico de drogas, foi retirada de sua casa, no bairro Vila Miná, sendo encontrada logo depois morta com diversos tiros, inclusive no rosto, no bairro Saiqui. O líder da facção já teve um de seus “soldados” morto na localidade denominada “Escadaria”, em Canela, quando iniciaram-se as disputas por pontos de venda de drogas na cidade.

Conforme apurado pela Polícia Civil, o investigado angariava bandidos na Região Metropolitana de Porto Alegre para realizar coação a outros criminosos em Canela, obrigando-os a vender drogas para a sua facção. Um dos traficantes chegou a procurar a Polícia Civil para relatar as ameaças sofridas.

O delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, afirmou que se trata da prisão mais importante realizada na cidade neste ano. “A facção usa de violência incomum para os padrões de Canela, sendo responsável pela mudança do perfil de criminalidade na cidade, devendo ser coibida com todas as forças pela Polícia Civil, que se dedicou muito para que essa prisão ocorresse”, disse o delegado.

Gramado

Na tarde de segunda-feira (07), a Polícia Civil prendeu um homem identificado como o responsável por mais de 80% dos arrombamentos a estabelecimentos comerciais em Gramado, na Serra Gaúcha. Segundo os policiais, o homem é suspeito de inúmeros furtos no Centro da cidade. Ele confessou ter praticado ao menos dez desses crimes entre o começo de abril e o começo de maio.

“O suspeito furtava valores existentes nos estabelecimentos comerciais. O homem já havia sido preso no início deste ano, após ser comprovada sua atuação em diversos furtos da mesma natureza, obteve a liberdade em março e voltou a praticar os crimes. A Polícia Civil atribui a ele ao menos 80% dos arrombamentos de estabelecimentos comerciais localizados na área central para subtração de valores,” disse o delegado Gustavo Barcellos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *