Autoridades tentam identificar proprietário de drone que sobrevoou Aeroporto de Porto Alegre

FONTE G1//Um grupo de trabalho criado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e polícias Federal, Civil e Militar vai investigar o drone que interrompeu as operações do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, por cerca de uma hora, na noite de segunda-feira (19). O objetivo das autoridades é evitar que novos incidentes como esse aconteçam.

Ao menos um drone foi visto sobrevoando a região. De acordo com a Fraport, empresa que administra o Salgado Filho, eram dois equipamentos sobrevoando o local. Mas a Polícia Federal confirma que havia apenas um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *