Casal gaúcho é preso no Rio de Janeiro por aplicar golpe na venda de passagens aéreas que causou prejuízo de pelo menos R$ 1 milhão

FONTE O SUL//Agentes da Delegacia Especializada na Defesa do Consumidor do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) do Rio Grande do Sul prenderam, na manhã desta terça-feira (03), um casal de estelionatários gaúchos no bairro Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro.

De acordo com o delegado Rafael Liedtke, o homem e a mulher, naturais de Pelotas, são investigados pela prática de fraudes em três Estados contra aproximadamente 150 vítimas. Os prejuízos financeiros causados pelos criminosos ultrapassam R$ 1 milhão.

A fraude aplicada pelo casal consistia em prometer às vítimas o fornecimento de passagens aéreas mais baratas do que os preços praticados convencionalmente no mercado. Logo após receber o dinheiro pelos bilhetes, o casal desaparecia com a quantia sem entregar as passagens aéreas prometidas. As negociações ocorriam via WhatsApp e e-mail.

A estelionatária, que nunca havia sido presa, ostenta, somente no sistema informatizado da Secretaria de Segurança Pública do RS, 29 registros policiais como acusada dos mais variados tipos de fraudes. O primeiro caso que se tem notícia ocorreu em 2007, em Pelotas, quando a mulher teria passado um cheque roubado.

Segundo a Polícia Civil, as contas bancárias do casal de estelionatários foram bloqueadas, visando ao futuro ressarcimento das vítimas. Os presos embarcaram sob escolta para Porto Alegre. A operação que resultou na prisão dos bandidos contou com o apoio de policiais civis do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.