Cerveja está mais barata neste Natal; calculadora mostra o quanto comprar para as festas

FONTE: DIÁRIO GAÚCHO

Já sob o quentume do verão, as festas de final de ano costumam ser convidativas a serem brindadas com gelados e cristalinos copos de cerveja. Neste ano, a boa notícia aos cervejeiros é que o valor da garrafa de 600ml caiu 3,7% em relação ao ano passado: o preço médio das marcas mais populares está em R$ 4,16, e não mais R$ 4,32 como em novembro do ano passado, conforme pesquisa do IEPE/UFRGS encomendada pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas).

Explica o presidente da entidade, Antônio Cesa Longo, que essa queda se deve à chegada de novas marcas artesanais aos supermercados, que obrigam as grandes fabricantes a baixarem seus preços para se manter competitivas. Não à toa, as vendas para o Natal devem subir 4,8% em relação à mesma data no ano passado, acima dos espumantes (3%).

Como uma garrafa passa longe de matar a sede dos convidados, o estoque precisa ser farto. E o anfitrião que não planejar bem a compra corre risco de acordar com dor de cabeça no dia seguinte — não da ressaca, mas da culpa em ter gastado mais que o necessário. Planejar a compra de bebida para festanças é um baita desafio. Se comprar pouco, há risco do vexame diante dos convidados. Se comprar muito, pilhas de latas e engradados serão uma lembrança do dinheiro desperdiçado.

— Não adianta imaginar quanto cada um irá beber e sair comprando. O certo é conversar com cada convidado, saber se ele vai tomar cerveja, espumante ou se vai ficar só no refrigerante. E então fazer uma lista exatamente do que comprar — explica o consultor financeiro Alfredo Meneghetti Neto, professor de Economia da PUC-RS.

O cálculo básico para uma festa de três horas é que um bebedor exclusivo de cerveja consumirá aproximadamente um litro e meio — ou seja, quatro latinhas ou long necks ou pouco mais de duas garrafas de 600ml. Se beber também refrigerante, a quantidade cai pela metade.

Em festas com garçom, ou que algum convidado se disponha a servir os demais, as garrafas 600ml são a melhor pedida, pois, além de ter melhor custo-benefício no supermercado, são servidas nos copos, reduzindo o desperdício.

— Se a festa for self-service (ou seja, cada um pega o que vai tomar), deixar a cerveja em um isopor com gelo pode dar mais praticidade e manter a cerveja mais gelada, evitando que alguém abra a latinha e não tome porque está quente — explica a organizadora de festas Juliana Olsen.

Não estranhe que a matéria não esteja falando em latões. Estes costumam ser mau negócio para festas: esquentam rápido e são abandonados pela metade nas mesas. Latinhas são indicadas por que podem boiar em baldes de gelo no salão e serem consumidas aos poucos, na dose certa de cada sede. Já as long neck têm a vantagem de manter o precioso elixir resfriado por mais tempo.

— A long neck também gela mais rápido, então a gente economiza para resfriar — ensina o representante comercial Paulo Ribeiro, 60 anos, muitos deles maturados pela experiência de organizar festas na família e no condomínio.

Neste Natal, 15 familiares vão fazer a ceia na casa dele e da esposa. Para garantir o estoque de bebidas — a patroa compra os comes —, desde já está bisbilhotando preços e comprando cervejas e espumantes.

— Na turma do Natal, só quatro bebem; mas beeeebem — brinca.

Dicas para economizar na compra da cerveja
Ao pesquisar os preços no supermercado, compare o valor proporcional por litro (informação que deve constar na etiqueta de preços), para evitar ser iludido por um falso preço baixo em garrafinhas menores.
A vantagem de long necks e latinhas em relação aos latões é que reduzem o risco de desperdício, pois dificilmente os convidados deixam esquentar depois de aberto.
O preço de atacado pode ser mais vantajoso para quem compra em grande quantidade. Se a festa for consumir mais de cinco fardos de cerveja, pode valer a pena pesquisar em mercados do tipo atacarejo.
Procure descontos para determinadas marcas ou a partir do segundo “pack”, que são tradicionais em supermercados. Fique atento às propagandas veiculadas em encartes de jornais. Mas confira sempre a validade da cerveja.
Procure mercados que ofereçam descontos para compra de cervejas em garrafas retornáveis.
Usar isopor para gelar a cerveja costuma ser mais eficiente e barato do que mantê-las na potência máxima da geladeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.