Dal’Aqua assume Sulpetro e reconhece “dificuldades” do setor

FONTE O SUL//Graduado em Administração com MBA em Identidade Empresarial e Gestão de Varejo de Combustíveis, o empresário João Carlos Dal ‘Aqua assumiu nesta quinta-feira o comando do Sindicato dos Postos de Combustíveis no Rio Grande do Sul (Sulpetro). Até 2022, responderá pelos interesses de 600 associados de um universo de 2,8 mil postos no Estado. Sua palavra inicial sobre o setor é desafio. “Temos uma reforma trabalhista que diminuiu a receita sindical, uma margem de lucro reduzida e preços altos ao consumidor vindos da política dolarizada da Petrobras e impostos pesados sobre os combustíveis”, afirmou.

Conforme Dal’Aqua não há perspectiva de redução do preço da gasolina nas bombas, nem dos combustíveis adquiridos pelos postos. Existe só esperança, frisou. Em tom de desabafo, falou: “Estamos junto com o consumidor e na mesma situação. Ele tem razão. O preço está elevado e prejudica toda a economia do país. Mas queremos levar a informação às pessoas de que o posto revendedor não é o agente causador da alta e, isoladamente, o setor não é capaz de mudar essa situação. A estrutura de preços atual demanda, principalmente, do governo”.

Hoje, diz o presidente do Sulpetro, cerca de 50% do valor do combustível, em especial da gasolina, são tributos, um terço é produção e o restante fica dividido entre distribuição, revenda e custo de frete. Desde junho do ano passado, a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) dobrou. A carga do ICMS sobre a gasolina no RS, lembrou o empresário, é 30%. “De toda a receita do ICMS do Estado, 22% vem somente dos combustíveis, quase um quarto do total”, acrescentou.

Uma, dentre suas metas, é trazer os associados para dentro do Sulpetro. O objetivo é promover a capacitação da categoria com cursos, palestras e informações e também enfrentar os efeitos das novas regras à estrutura sindical. “Somente juntos seremos fortes e poderemos buscar as soluções”. Após cumprir oito anos de mandato, o empresário Adão Oliveira deixou a presidência do Sulpetro. O segmento emprega cerca de 30 mil pessoas no RS. Depois da cerimônia de posse, houve a palestra aos associados “Compliance: compartilhando conhecimentos”, feita pelo doutor em Direito, Gabriel Nogueira Dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.