Porto Alegre, RS - 10/04/2017 SMS vacina contra a gripe (antes do início geral da campanha), somente para profisonais da saúde e idosos institucionalizados e/ou acamados. Local: Lar Maurício Seligman Foto: Cristine Rochol/PMPA

É gripe ou resfriado?

FONTE CORREIO DO POVO//Você tem febre passando de 38 graus, tosse seca, muita dor muscular, forte dor de cabeça, de garganta e nos olhos e nariz escorrendo, você está gripado ou resfriado? Segundo o pneumologista Adalberto Rubin, chefe do serviço de Pneumologia da Santa Casa de Porto Alegre, esses sintomas intensos são de gripe e podem durar de sete a dez dias até desaparecerem. “Em compensação, os mesmos sintomas surgem de maneira mais branda no resfriado, ou até podem nem acontecer, como no caso da febre, e por isso levam apenas de dois a quatro dias para passar.” Há uma regra prática: se a pessoa conseguiu sair de casa e ir trabalhar apesar do nariz escorrendo, peso na cabeça e irritação na garganta, ela não está com gripe, está resfriada.
De semelhante (mas nem tanto), existe o agente causador: um vírus. Na gripe, ele se chama Influenza, é bem agressivo e pode ser do tipo A, B e C, sendo que o último provoca, geralmente, infecções respiratórias leves. Já os A e B podem representar perigo de epidemias sazonais, sendo o A responsável por pandemias como a H1N1, registrada em 2009. Os vírus que ocasionam resfriado, por sua vez, são muitos, mais de 200, mas, segundo o Ministério da Saúde, os mais comuns são o rinovírus, o parainfluenza e o sincicial respiratório.
A gripe pode ser transmitida pelas secreções das vias respiratórias de uma pessoa contaminada ao espirrar, tossir ou falar, ou pelas mãos que, após contato com superfícies recentemente contaminadas por secreções de um indivíduo infectado, podem carregar o vírus para boca, nariz ou olhos. No resfriado, o contágio ocorre principalmente por via aérea: a pessoa resfriada tosse ou espirra e as gotículas penetram na garganta ou nariz de quem está sem a doença. Contra muitos vírus, vamos adquirindo imunidade, mas permanecemos com potencial para ficarmos resfriados se entrarmos em contato com os demais.
Para a gripe, existe vacina, ao menos para alguns tipos do vírus Influenza. “Algumas gripes podem apresentar complicações graves, como pneumonia”, lembra Rubin. O resfriado, quando complica, faz surgir problemas como otites e sinusites. Conforme o Ministério da Saúde, no momento em que as pessoas não se imunizam, além de se exporem ao risco de contágio, contribuem para que os vírus avancem, afetando a sociedade como um todo. Lavar bem as mãos e se hidratar são dicas tanto para se prevenir da gripe quanto do resfriado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *