DESCRIÇÃO: Creches comunitárias

Educação alimentar: novidades nos currículos escolares

FONTE CORREIO DO POVO//A educação alimentar e nutricional vai integrar os currículos das escolas públicas e privadas de todo o país, segundo nova lei (de autoria do deputado Lobbe Neto) publicada na quinta-feira, 17 de maio, no Diário Oficial da União. O prazo para que isso aconteça é de 180 dias, ou seja, até meados de novembro os estudantes brasileiros vão contar com conteúdos sobre o assunto. A lei inclui a educação alimentar e nutricional entre os temas importantes e urgentes que terão que ser abordados tanto no ensino fundamental quanto no ensino médio. Não haverá, portanto, uma disciplina específica para tratar do tema, pois ele será debatido durante outras aulas, como as de ciências e biologia. A intenção do projeto é reduzir a obesidade infantil, além de assegurar informações sobre alimentação saudável.

A nova lei altera a chamada Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN). Desde 2014, as escolas já devem trabalhar conteúdos relativos aos direitos humanos e à prevenção de todas as formas de violência praticada contra a criança e o adolescente, também como temas fundamentais. A LDBEN estabelece ainda que haja produção e distribuição de material didático sobre esses temas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.