Casamento do futuro ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni com a assessora parlamentar Denise Veberling, no Clube do Congresso, em Brasília.

Em uma festa com a presença de Bolsonaro e a proibição do uso de celulares, o gaúcho Onyx Lorenzoni casou em Brasília

FONTE: O SUL

O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), 64 anos, casou na quinta-feira (22) com a assessora parlamentar Denise Veberling, 38. Um dos convidados da festa, o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), afirmou, após a cerimônia, que os convidados tiveram de entregar os celulares antes do início do evento.

Lorenzoni organizou uma cerimônia em um clube de Brasília para celebrar o casamento. O evento reuniu o presidente eleito Jair Bolsonaro, políticos e integrantes do futuro governo. Segundo Fraga, na entrada do salão onde ocorreu o casamento, a equipe de cerimonial solicitou aos convidados que entregassem os celulares, identificados e colocados em uma mesa.

“Acho que era para não fazer foto, porque tinham os fotógrafos oficiais da festa”, disse. A imprensa não foi autorizada a entrar na festa, os jornalistas ficaram na área externa ao Clube do Congresso, onde alguns dos convidados pararam para conversar com os repórteres.

Segundo o deputado, apenas a noiva utilizou o celular durante a cerimônia, mas para ler um texto que preparou para Onyx Lorenzoni. “Foi uma cerimônia muito bonita”, disse Fraga sobre o casamento celebrado pelo Bispo Rodovalho, da Igreja Sara Nossa Terra.

Antes do casamento, Onyx Lorenzoni afirmou a jornalistas que a festa era para familiares e “alguns poucos” amigos e que estava “feliz”, mas não estava “nervoso”. “É a consolidação de um namoro muito bonito e que, agora, começa uma vida a dois”, declarou.

A lua de mel, segundo o ministro, aconteceu na semana passada, na cidade de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul. “Amanhã [sexta], eu estou aqui [em Brasília], claro, vou ficar com ela [a esposa], mas sábado e domingo trabalhando e, segunda, bato ponto lá [na transição do governo]”, disse. “Um dia de folga”, acrescentou.

Bolsonaro

Fraga foi um dos convidados que mais conversou com Jair Bolsonaro. Ele estava ao lado do presidente eleito e, de acordo com o deputado, conversaram sobre a trajetória política do presidente eleito.

O futuro presidente chegou escoltado à cerimônia por volta das 20h30min e ficou no local por cerca de duas horas. Ele estava acompanhado da esposa, Michelle. Um dos filhos dele, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), também compareceu ao evento.

A festa

No cardápio do casamento, bolinhos de bacalhau e camarões empanados. Para beber, uísque, vinho e refrigerantes. A banda contratada tocou clássicos da MPB e músicas internacionais. No repertório, canções como “Somewhere Over the Rainbow”, de Israel Kamakawiwo’ole, “Pela Luz dos Olhos Teus”, de Tom Jobim, e “I’m Yours”, de Jason Mraz.

Além de Fraga e Bolsonaro, participaram da festa Julian Lemos (PSL-PB), deputado eleito; Ronaldo Caiado (DEM-GO), governador eleito de Goiás; e os futuros ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência). Enquanto a cerimônia acontecia, o filósofo Ricardo Velez Rodriguez foi anunciado por Bolsonaro no Twitter como futuro ministro da Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.