Governo bloqueia mais de 2,7 mil bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado

FONTE: O SUL
O governo bloqueará 2.724 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado a partir deste mês. O objetivo é congelar, ao todo, R$ 300 milhões previstos para pesquisas em 2019. A confirmação veio através da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

As bolsas que tiveram o congelamento confirmado são de cursos que totalizaram nota três, de uma escala que vai até sete, o que significa que estão há 10 anos com notas abaixo da expectativa. Serão afetadas 2.331 bolsas de mestrado, 335 bolsas de doutorado e 58 de pós-doutorado.

Os bolsistas atuais não terão suas bolsas e pesquisas suspensas, porém, a partir de agora, haverá extinção de oferta.

Já as bolsas internacionais sofrerão um remanejamento do Programa Institucional de Internacionalização (Print) e das 5.913 bolsas previstas para 2019, somente 4.139 serão ofertadas. Além disso, o programa de quatro anos, passará a ter duração de cinco. O Print oferece tanto bolsas para brasileiros estudarem no exterior quanto bolsas para estrangeiros estudarem no país e, até o momento, 36 instituições foram selecionadas para fazer parte do programa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.