O pai de Neymar postou fotos na internet mostrando a visita dos dirigentes do Paris Saint-Germain ao jogador durante a sua recuperação no Brasil

FONTE O SUL//Desta vez, quem se manifestou nas redes sociais foi o pai do jogador Neymar: ele postou no Instagram duas fotos do encontro do craque com o presidente do PSG (Paris Saint-Germain), Nasser Al Khelaifi, e com o diretor de futebol do clube, Antero Henrique, ocorrido na segunda-feira na casa do camisa 10 em Mangaratiba, no Litoral Sul do Rio de Janeiro.

A comitiva encerrou nessa terça-feira a sua passagem pelo Brasil com uma visita ao Instituto Neymar Jr., localizado em Praia Grande, no litoral de São Paulo. “Visita do dia ao Neymar. Thanks [Obrigado]”, escreveu o pai. O projeto foi criado por Neymar em 2014 para acolher cerca de 2,5 mil crianças em situação de pobreza e que estavam longe da escola.

Após passar por uma cirurgia no quinto metatarso do pé direito há quase duas semanas, Neymar passa pela primeira etapa do processo de recuperação de sua lesão e deve voltar aos gramados apenas para jogar a Copa do Mundo da Rússia, em junho.

De acordo com o programa “Telefoot”, exibido pelo canal de TV francês TF1, a visita de integrantes da cúpula do PSG teve por objetivo convencer Neymar a permanecer em Paris e, desta forma, manter forte o projeto do clube de estabelecer uma soberania no futebol europeu.

O PSG designou outro de seus diretores esportivos, o ex-jogador brasileiro Maxwell, para “seguir os passos” do atacante em seu processo de recuperação. Antes, durante a cirurgia do atleta no Brasil, os parisienses já haviam enviado o médico francês Gerard Saillant para acompanhar o procedimento.

Rumores

O PSG vive dias turbulentos desde a eliminação para o Real Madrid (Espanha), na terça-feira passada, pela Liga dos Campeões. E veículos franceses e espanhóis têm publicado matérias sobre uma possível saída do craque brasileiro do time francês após o final desta temporada.

A capa do diário “AS”, por exemplo, destacou uma reportagem ligando a fornecedora de material esportivo Nike e o Real Madrid ao craque brasileiro – caso a empresa assine contrato com o clube merengue. Segundo a publicação, a multinacional entraria com dinheiro para ajudar o clube a pagar a multa rescisória de 400 milhões de euros (R$ 1,6 bilhão).

Depois do português Cristiano Ronaldo, o brasileiro é a outra grande estrela do futebol patrocinada pela empresa norte-americana, que buscaria assim um acordo com os espanhóis, que atualmente têm contrato até 2020 com a rival Adidas (que mantém em seu “portfólio” com o argentino Lionel Messi, ex-colega de Neymar no Barcelona).

Ciente de tudo isso, e preocupado com a próxima janela de transferências, é que Nasser Al Khelaifi, presidente do PSG, teria viajado para o Brasil, no intuito de convencer o principal astro do clube a cumprir o seu contrato e demonstrar apoio ao jogador, que no ano passado se tornou o protagonista da mais cara negociação de um atleta na história do futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.