Porto Alegre, RS - 22/08/2018 Muitas nuvens cobrem o céu e provocam chuva no decorrer do dia. O vento sopra fraco o ocasionalmente moderado do quadrante Leste. A temperatura sobe mais na madrugada, mas ainda faz frio o dia inteiro. Mínima de 7°C e máxima de 14°C. Foto: Joel Vargas / PMPA

O tempo melhora a partir desta terça-feira no Rio Grande do Sul

Nesta terça-feira (04), a chuva perde intensidade em todo o Rio Grande do Sul. A frente fria que trouxe a instabilidade ao Estado nos últimos dias se afasta, fazendo com que o tempo melhore, com possibilidade de chuva ainda pela manhã.

Em Porto Alegre, o sol deve aparecer a partir de quarta-feira (05), e as temperaturas podem chegar aos 28°C na sexta-feira (07), segundo o Sistema Metroclima. Nesta segunda-feira (03), a temperatura mínima foi de 12°C. Confira a previsão do tempo para os próximos dias na Capital:

Terça-feira: o sol aparece com nuvens no decorrer do dia, mas ocorrem alguns períodos de maior nebulosidade com chance de chuva fraca ou garoa em alguns momentos, sobretudo pela manhã. O vento fica calmo ou sopra fraco do quadrante Sul. A temperatura diminui à noite. Mínima de 10°C e máxima de 18°C.

Quarta-feira: o sol predomina ao longo do dia com amplos períodos de céu claro. O vento permanece calmo ou sopra fraco do quadrante Leste. A temperatura terá maior variação e faz mais frio na madrugada, mas a tarde será agradável. Mínima de 8°C e máxima de 21°C.

Quinta-feira: o sol predomina em mais um dia com céu claro sem nuvens em muitas áreas. O vento continua calmo ou sopra fraco do quadrante Leste. A temperatura terá maior elevação e, apesar de fazer frio na madrugada, a tarde será quente. Mínima de 9°C e máxima de 26°C.

Sexta-feira: dia claro e ensolarado com vento calmo ou soprando fraco do quadrante Oeste/Norte. A temperatura segue em elevação, deixando a tarde quente. Mínima de 10°C e máxima de 28°C.

Metroclima

O Sistema Metroclima – Vigilância Meteorológica de Porto Alegre foi criado em 2007 para monitorar as condições atmosféricas na Capital gaúcha 24 horas por dia mediante uma rede de estações automáticas e pluviômetros que oferecem dados de chuva e outras variáveis meteorológicas em todas as zonas geográficas da cidade.

Para esse trabalho, de acordo com a prefeitura, são utilizadas as mais modernas ferramentas, como radares meteorológicos, sistemas de detecção de descargas atmosféricas, modelos numéricos nacionais e internacionais, acompanhamento de imagens de satélite, radiossondagens de aeroportos e estações automáticas.

Fonte: O SUL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.