Operação da Brigada Militar apreendeu celulares e drogas na Cadeia Pública de Porto Alegre.

FONTE O SUL//Mais uma etapa da Operação Avante da Brigada Militar na Cadeia Pública de Porto Alegre foi executada na quinta-feira (15). A ação resultou na apreensão de 29 celulares, 27 chips telefônicos, três cartões de memória, um pendrive, 157 gramas de maconha, 102 porções de cocaína e quatro gramas de crack.

Comandada pelo diretor da Cadeia Pública, tenente-coronel Marcelo Gayer Barboza, a revista geral ocorreu no pavilhão A, o qual possui uma população carcerária de 593 detentos. O trabalho contou com 93 policiais militares que integram a força-tarefa Operação Canarinho da CPPA.

De acordo com Gayer, a Avante é de grande importância no combate ao crime ao apreender materiais ilícitos no interior das galerias. Atualmente, a casa prisional abriga 4.759 presos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *