Prefeitura de São Leopoldo intensifica fiscalização da pesca no Rio dos Sinos.

FONTE CORREIO DO POVO//A Secretaria de Meio Ambiente de São Leopoldo, no Vale do Sinos, está intensificando a fiscalização da pesca ao longo do Rio do Sinos. A atividade é proibida nesta época do ano em razão da piracema, período de procriação dos peixes. Além disso, o órgão investiga a baixa oxigenação da água. Segundo o diretor de Planejamento e Gestão Ambiental, Joel Garcia Dias, mais ações estão sendo feitas, visando o melhor condicionamento aquático do manancial.

Além da fiscalização da pesca, combatendo redes irregulares, uma sonda está sendo utilizada para medir a condutividade de corrente elétrica da água e apontar a qualidade do rio, o nível de oxigênio, da acidez e a temperatura da água.

Nos últimos dias, o nível de oxigênio está em 4 miligrama por litro, sendo que o ideal seria a partir de 6 miligramas. “A população sempre pode colaborar com o rio, fazendo por exemplo, a denúncia de descartes irregulares de lixo ”, lembra Joel, destacando que denúncia referentes a pesca também devem ser feitas através do telefone 156 da Guarda Municipal.

“Estamos constatando uma pequena mortandade de peixes, o que é normal em períodos que o nível da água está mais baixo, como agora, mas que pode ser revertido”, esclarece ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.