Seleção jogará contra o Uruguai em novembro e busca rivais europeus para março

O Brasil vai enfrentar o Uruguai em novembro. O amistoso, quinto depois da Copa do Mundo, está em vias de ser confirmado e deverá ser disputado em Londres, no estádio do Arsenal, no dia 15 ou 16. Uma outra partida será marcada para o dia 20, mas ainda não tem adversário e local conhecidos.

O acordo agrada à comissão técnica, que planejava elevar o nível de dificuldade dos jogos gradativamente depois da Copa do Mundo, mas não consegue incluir seleções europeias nessa escalada.

São duas razões primordiais:
A Liga das Nações, torneio criado pela Uefa para ser disputado por suas filiadas nas datas Fifa, o que preenche o calendário com duelos internos no continente;
O fato de o Brasil ter deixado para acordar os amistosos do segundo semestre somente depois da Copa do Mundo, em razão da imprevisibilidade dos resultados. O Peru, por exemplo, tinha agendados desde março jogos contra Alemanha e Holanda, para setembro.
Tite quer enfrentar equipes europeias antes da Copa América, marcada para junho do ano que vem. A CBF e a Pitch, agência que negocia os amistosos da Seleção, ainda tentam conseguir um rival para essa segunda data de novembro, depois do duelo diante do Uruguai. Mas a prioridade são dois jogos em março de 2019.

A CBF também cogita realizar esses amistosos de março em estádios brasileiros para estreitar a relação com o torcedor antes da Copa América, que também será em casa. A Seleção não atua no país desde outubro de 2017, quando bateu o Chile por 3 a 0 na arena do Palmeiras.

Já o último encontro entre Brasil e Uruguai terminou com goleada dos pentacampeões: 4 a 1, de virada, em Montevidéu. Paulinho fez três gols e Neymar marcou um por cobertura. Cavani, de pênalti, abriu o placar para os donos da casa.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.