Universidade inaugura polo digital em Gravataí

FONTE: AGORA NO RS
O polo da Feevale Digital de Gravataí, inaugurado oficialmente nesta semana, servirá de apoio aos alunos.

Ele abriga as atividades presenciais dos cursos oferecidos: dois bacharelados, quatro licenciaturas, oito tecnólogos e cinco especializações.
Todos seguem uma nova modalidade de educação a distância, a partir de metodologias próprias, que a universidade lançou em dezembro passado.

No total, foram criados polos em 10 municípios da região e em Dongguan, na China.

Participaram da solenidade o reitor, Cleber Prodanov, e demais integrantes da reitoria da Instituição, Roberto Cardoso, presidente da Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo, mantenedora da Universidade, demais membros da diretoria, coordenadores e professores.

O evento também contou com a presença do prefeito de Gravataí, Marco Alba, bem como da secretária de Educação, Sônia Oliveira, secretários, vereadores do município e representantes de entidades e da comunidade.

Cardoso destacou o fato de que Gravataí é um município conhecido por ser um polo industrial pujante e de grande força na região e no Estado.

“No ano em que comemora 50 anos de atividades, nossa Instituição tem a alegria de agregar um novo polo a esse já existente: o educacional, com o objetivo de trazer mais qualificação, para que se desenvolva, cada vez mais, esse município”, disse.

O prefeito de Gravataí, Marco Alba, lembrou que o município representa a 4ª economia do Estado, e que a Universidade participará da realidade da cidade não apenas como uma entidade educacional mas, também, como uma importante parceira.

“O mundo digital já é uma realidade e precisamos acompanhar o seu desenvolvimento. Sabemos que aqui, com o polo da Feevale, temos mais uma ferramenta de ensino à disposição de nossa comunidade, e aqui se completa um ciclo na região e, em especial, em Gravataí”, afirmou o prefeito.

Alexandre Zeni, diretor de Novos Negócios, falou um pouco sobre a proposta de ensino da Feevale Digital. “Nós acreditamos que as tecnologias e as ferramentas existentes hoje no mercado podem proporcionar uma aproximação de qualidade entre a Universidade e os alunos no ensino a distância”, declarou.

Já o reitor Cleber Prodanov afirmou que, em seus 50 anos, a Instituição segue sempre olhando para frente. “A decisão de sair de nossa cidade foi uma decisão de arrojo, propiciada por nossa capacidade técnica e apoiada pela nossa mantenedora. Estamos à procura de novas comunidades, com as quais possamos ampliar nosso relacionamento e que possamos auxiliar no desenvolvimento, algo que está na gênese de nossa fundação. A Feevale Digital é nossa ponta de lança nesse município e nosso produto mais moderno, mais atual, mais internacional, e, talvez, um dos que possuem o maior nível de qualidade. Aqui, se inicia uma longa e produtiva relação com essa comunidade”, completou.

Metodologia
Os diplomas obtidos nos cursos a distância têm valor idêntico aos da modalidade presencial, e os custos das mensalidades são menores em relação à oferta tradicional, preservando a mesma qualidade.

A seleção para ingresso nos bacharelados, nas licenciaturas e nos tecnólogos ocorre no polo escolhido pelo candidato, mediante agendamento. Também é possível aproveitar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de solicitar transferência ou troca de curso. Nas especializações, o ingresso ocorre mediante análise de currículo e, caso necessário, por entrevista.

“A nossa parceria com universidades da Finlândia, baseada em padrões de excelência educacional, impactará positivamente os cursos da Feevale Digital”, afirma Prodanov. “Trata-se de uma plataforma do século 21 para alunos do século 21.”

Conforme o reitor, a Feevale sempre se caracterizou por estar próxima dos alunos, e a instalação dos polos amplia essa perspectiva.

As atividades dos cursos disponíveis no formato digital são desenvolvidas no ambiente virtual de aprendizagem Blackboard, uma plataforma de acesso às disciplinas e aos materiais elaborados pelos professores.

As propostas pedagógicas se articulam com o mercado de trabalho, pois os estudantes são desafiados a conhecer e vivenciar os espaços em que atuarão, estabelecendo a relação entre teoria e prática.

O processo de construção de conhecimento ocorre por meio de diversos recursos e ferramentas, tais como textos, jogos, vídeos, apresentações, atividades, fóruns de discussões e webconferências, entre outros. Além de poder estudar a qualquer hora e lugar, os estudantes contam com acesso a toda a estrutura da Feevale, como laboratórios, bibliotecas e eventos.

O calendário dos cursos de graduação e tecnólogos é estruturado ao longo de 10 semanas. Em cada uma, realizam-se algum tipo de atividade, como exercícios, práticas, estudos de caso, aulas presenciais, acompanhamento de professores, tutoria, avaliações. Há momentos presenciais obrigatórios para cumprimento de avaliações, observando as determinações legais. Elas têm horário de início e fim, mas o aluno pode realizá-las mediante agendamento prévio. Também podem solicitar atendimento presencial com professores ou tutores. Nos cursos de pós-graduação, a duração é de 12 a 18 meses, e as atividades ocorrem totalmente a distância.

Mais informações e inscrições podem ser obtidas no site da Feevale Digital (www.feevale.br/digital).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.