UPA Santa Rosa busca reduzir retorno de pacientes ao serviço

FONTE CORREIO DO POVO//A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Rosa realiza ações permanentes para reduzir os índices de retorno de pacientes à estrutura. O objetivo é atender casos de urgência e emergência e, após o atendimento, a continuidade do tratamento deve ocorrer nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). O gerente de Urgência e Emergência da UPA, Silvano Cervo, revela que a taxa de retorno do paciente, em até 12 horas após a alta, é de 1,95%.

Para cada 4.700 atendimentos, cerca de 80 pacientes retornam. A taxa é considerada baixa tendo em vista que a meta é manter esse indicador abaixo de 5%, de acordo com orientação do Ministério da Saúde. Para a gerência da unidade, os números refletem as ações empreendidas desde o início do atendimento da UPA. “Sempre orientamos os nossos pacientes sobre a importância de realizarem a continuidade dos tratamentos na Unidade Básica, o local adequado para o atendimento de baixa complexidade, sem risco a vida. Desta forma, a UPA consegue seguir focada no atendimento de urgência e emergência”, destaca.

A UPA de Santa Rosa está em funcionamento desde agosto de 2014. Gerenciada pelo Hospital Vida & Saúde, conta com equipe multidisciplinar de cerca de 100 profissionais, que realizam atendimentos 24h. Nos quatro anos de funcionamento foram realizados mais de 215 mil atendimentos. O serviço ocorre conforme o Acolhimento por Classificação de Risco, preconizado pelo Ministério da Saúde, que orienta o atendimento prioritário para casos graves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *