Ameaça de bomba no edifício da prefeitura de Esteio mobiliza especialistas da Brigada Militar

FONTE: O SUL

Uma ameaça de bomba no prédio da prefeitura de Esteio (Região Metropolitana) mobilizou especialistas do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar (Bope) na tarde desta terça-feira (23). Como ocorre na maioria dos casos desse tipo, porém, tratava-se de alarme falso, já que não foram encontrados quaisquer artefatos explosivos.

Segundo a corporação, o incidente começou com uma ligação anônima para o serviço de Ouvidoria do município, que por sua vez acionou as forças de segurança pública. O responsável pela mensagem chegou a informar que haveria uma detonação no local por volta das 16h.

O trabalho do Bope durou aproximadamente duas horas, até liberar o local com a garantia de que nada havia a temer. Por medida de precaução, todos os servidores e demais pessoas que estivessem dentro do prédio – localizado no Centro da cidade – foram retirados até as 14h, horário em que o expediente vespertino já está em andamento.

Também participaram da operação equipes da Guarda Municipal de Esteio, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Prefeito

Durante a após o serviço de varredura promovido pelos especialistas do Bope em busca de uma eventual bomba, o prefeito Leonardo Paschoal (PP) utilizou a sua conta oficial no Twitter para se manifestar sobre o incidente.

– “O prédio sede da prefeitura de Esteio acaba de ser evacuado em virtude de uma ameaça de bomba, seguindo orientação da Polícia Civil. Está sendo feita varredura no local. Brigada Militar e Guarda Municipal também acompanham a ocorrência. Servidores foram dispensados”, escreveu na primeira postagem;

– “Acabo de receber a liberação do prédio pela Brigada Militar. Não houve identificação de artefatos explosivos. Polícia Civil já trabalha na investigação. Há suspeitos, que espero logo estejam atrás das grades. Levaram pânico a muitas pessoas e prejuízos ao Poder Público”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.