Após receber justificativas da Trensurb, Procon do RS negocia redução do valor da tarifa.

FONTE G1//Uma reunião entre o Procon estadual do Rio Grande do Sul e a Trensurb, na manhã desta terça-feira (20), discutiu as justificativas apresentadas pela empresa para o aumento de 94% da tarifa, que fez com que o valor passasse de R$ 1,70 para R$ 3,30. Veja alguns pontos entregues pela empresa conforme havia sido solicitado pelo Procon:

A arrecadação não é suficiente para manter o funcionamento do serviço;
Redução de 40% no orçamento do governo federal para as despesas de custeio do transporte;
Tarifas sem reajuste há 10 anos;
Aumento dos custos no período.
Ainda de acordo com o documento a empresa alega que, tendo em vista o cenário, não seria possível cogitar vantagem expressiva ou elevação de preço sem justa causa.

O Procon estadual diz que segue em negociação, e que um valor mais adequado seria algo entre R$ 2,50 e R$ 3, mesmo com a empresa comprovando prejuízo por meio da documentação apresentada.

A diretora do Procon estadual, Maria Elizabeth Pereira, considerou que a reunião foi produtiva e um processo administrativo foi instaurado com a resposta da empresa com documentos que comprovam o prejuízo da Trensurb.

“Mas todavia, para o Procon, entendemos que o consumidor não pode ser onerado em vista de um período tão longo sem aumento”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.