Austrália ordena retirada de pessoas de regiões afetadas por incêndios

FONTE: O SUL

Milhares de pessoas têm prazo de 48 horas para abandonar as zonas turísticas da costa Sudeste da Austrália, antes de uma nova onda de calor prevista para sábado (04), que provocará o avanço dos incêndios florestais no país.

As chamas causaram pelo menos oito mortes em 48 horas e reduziram a cinzas centenas de hectares de florestas no primeiro dia do ano. O Corpo de Bombeiros do Estado de Nova Gales do Sul pediu nesta quinta-feira (02) aos turistas que abandonem duas zonas costeiras de quase 300 quilômetros de comprimento.

Ao menos 18 pessoas morreram desde o início da temporada de incêndios, em setembro. O número pode aumentar, pois as autoridades do Estado de Victoria afirmaram que 17 são consideradas desaparecidas no território.

Nesta quinta-feira, o primeiro-ministro Scott Morrison concedeu a primeira entrevista coletiva desde que os incêndios ganharam intensidade. Ele declarou que as autoridades fazem “absolutamente todos os esforços” para ajudar a população.

O primeiro-ministro pediu aos seus compatriotas que “confiem em todos aqueles que lutam contra os incêndios” e defendeu a política ambiental do seu governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.