Bolsonaro chega em Eldorado, São Paulo, para o velório da mãe

FONTE: O SUL

O presidente Jair Bolsonaro (PL) chegou às 15h15 em Eldorado, no interior de São Paulo, para o velório e sepultamento da mãe Olinda Bonturi Bolsonaro que morreu aos 94 anos, durante a madrugada desta sexta-feira (21). Ele interrompeu uma viagem internacional, quando estava em Suriname e deveria seguir para Guiana, para voltar às pressas ao Brasil ao saber da morte da mãe.

Bolsonaro chegou ao Brasil de avião no Aeroporto de Congonhas, onde embarcou em um helicóptero presidencial. Ele seguiu para o interior paulista, acompanhado de Michelle Bolsonaro e seu filho, Flávio Bolsonaro, que também veio acompanhado da esposa e do filho Renan. Em Eldorado, eles foram direto para o salão paroquial da igreja Nossa Senhora da Guia, no Centro, onde acontece o velório.

Olinda Bonturi Bolsonaro morreu aos 94 anos, durante a madrugada desta sexta-feira. Ela estava internada desde segunda-feira (17) no Hospital São João, em Registro. A mãe do presidente morreu após duas paradas cardiorrespiratórias.

A abertura do velório aconteceu, por volta de 10h15, no salão paroquial. O sepultamento da idosa está previsto para acontecer às 17h no Cemitério Central do município, onde o pai do presidente, Percy Geraldo Bolsonaro, também foi enterrado.

Morte

O anúncio da morte da mãe foi feito pelo presidente em suas redes sociais. “Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade”, escreveu ele no Twitter.

Olinda Bolsonaro estava internada no Hospital São João, em Registro, no interior de São Paulo, desde a última segunda-feira (17). Ela morava em Eldorado (SP), que fica a aproximadamente 52 quilômetros de distância de Registro e não conta com hospital de referência.

Na mesma publicação em que anunciou a morte da mãe, Bolsonaro também afirmou que se prepara para voltar ao Brasil. Bolsonaro viajou na manhã desta quinta-feira (20) para Paramaribo, no Suriname, e chegou à cidade por volta de 12h, no horário de Brasília. Essa era a primeira parada de uma viagem que duraria dois dias e também incluiria a Guiana.

Homenagens

Além de Jair Bolsonaro, filhos e netos fizeram postagens de despedida de Olinda Bolsonaro. O filho do presidente e vereador Carlos Bolsonaro foi um dos primeiros a se manifestar nas redes sociais após a morte da avó: “Owwwww meu Grande Pai”, escreveu ele no Twitter e no Instagram.

Eduardo Bolsonaro, deputado federal e filho do presidente, também fez uma postagem sobre o falecimento dela. “Lamentavelmente faleceu minha avó Olinda. Que Deus a receba da melhor maneira possível. Na memória momentos doces da minha infância até os mais recentes com ela e sua risada peculiar”, disse ele, que também postou o mesmo vídeo com fotos da família publicado pelo pai.

Renato Bolsonaro, irmão do presidente, selecionou uma série de fotos com a mãe. Ele fez um texto emocionado, falando que gostaria de ter mais alguns minutos com a mãe e que a memória dela não será apagada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.