Caminhoneiros argentinos bloqueiam passagem na fronteira com o RS devido a impasse por exames de Covid

FONTE: O SUL
Um sindicato de caminhoneiros argentinos bloqueia a passagem dos motoristas que entram e saem do país por Paso de Los Libres, cidade na fronteira do país com o Brasil, na manhã desta quinta-feira (22). Eles pedem que a Argentina deixe de exigir teste RT-PCR negativo para Covid a transportadores internacionais.

“Estamos em uma causa comum com os motoristas brasileiros e argentinos”, afirma o transportador e integrante do sindicato Caminhoneiros Unidos de Paso de Los Libres, Arnaldo Ariel Verón. Assista no vídeo acima.

Além disso, o grupo pede a antecipação da vacinação para a categoria. Na quarta-feira (21), a ponte de Uruguaiana, que liga Paso de Los Libres à cidade brasileira, havia ficado bloqueada por seis horas, por decisão do governo.

O impasse iniciou após a exigência, pelo governo argentino, de exame RT-PCR negativo com até 72 horas de antecedência para ingresso no país. Os manifestantes brasileiros não concordam e pedem reciprocidade, ou seja: que o governo brasileiro também exija o exame para os transportadores internacionais ou que a argentina deixe de pedir o exame.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.