Economia da Espanha encolhe 18,5% no segundo trimestre, a maior contração desde 1970

FONTE: O SUL
A economia da Espanha registrou uma queda histórica de 18,5% no segundo trimestre deste ano em relação aos seis meses anteriores devido ao confinamento decretado para conter a pandemia do novo coronavírus, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (31) pelo Instituto Nacional de Estatística.

O país europeu entrou tecnicamente em recessão, após acumular queda no PIB (Produto interno Bruto) em dois trimestres consecutivos. Essa é a maior contração desde que a série do instituto começou, em 1970, e é 13,3 pontos superior à segunda maior queda trimestral da série, que foi de 5,2% no primeiro trimestre.

O tombo na economia espanhola é mais forte do que a queda de 13,8% da França e do que a retração de 10,1% da Alemanha.

A evolução do PIB espanhol entre abril e junho é consequência de uma contribuição negativa da demanda nacional (consumo e investimento) de 16,6 pontos e da demanda externa (exportações e importações) de 1,9 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.