Escolas particulares de pelo menos sete capitais pretendem retomar as aulas presenciais até agosto

FONTE: O SUL

Escolas particulares de ao menos sete capitais brasileiras estimam voltar a receber os alunos nas salas de aula até agosto, segundo dados da Fenep (Federação Nacional das Escolas Particulares).

Desde março, as aulas presenciais estão suspensas em todo o Brasil para conter a pandemia do novo coronavírus. Quatro meses após o fechamento das escolas, o planejamento e a expectativa para o retorno às salas variam em cada local e mudam rápido, conforme a notificação de casos de Covid-19 em cada região.

Em Manaus (AM), João Pessoa (PB), Brasília (DF) e Fortaleza (CE), as escolas da rede privada planejam a reabertura em julho, segundo a Fenep. As previsões seguem o calendário das prefeituras.

Já as escolas particulares em Goiânia (GO), Curitiba (PR) e São Luís (MA) avaliam a retomada das aulas presenciais em agosto, também de acordo com o balanço da entidade.

Em todo o Estado de São Paulo, o governo anunciou a reabertura das escolas públicas e particulares juntas, em setembro.

Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, a data da retomada das aulas presenciais nas instituições de ensino das redes pública e privada ainda está indefinida. Por tempo indeterminado, as atividades escolares permanecem remotas devido à pandemia de coronavírus.

Um plano apresentado pelo governo em maio previa a retomada gradual das aulas presenciais em julho, o que não ocorrerá, segundo o governador Eduardo Leite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.