Jair Bolsonaro adverte que desemprego chegou “a nível insustentável”.

FONTE: O SUL
“Desde que começou – a pandemia – eu sempre falei que não poderíamos abandonar a questão do desemprego” afirmou o presidente Jair Bolsonaro esta manhã. Segundo ele, o desemprego “chegou a um nível insustentável ,e o que está mantendo o país longe dos saques,é o auxilio emergencial de 600 reais que tem um limite para acabar. Daqui a dois meses acaba. Se a economia não voltar a funcionar até lá,teremos problemas seríssimos”. O presidente Jair Bolsonaro conversou na manhã desta terça-feira com simpatizantes na saída do Palácio da Alvorada, quando ouviu criticas de microempresários à quarentena prolongada.
Bolsonaro voltou a criticar a imprensa, e em especial a Folha de S. Pulo que de denunciou ingerência sua na Policia Federal do Rio. Bolsonaro garantiu que a superintendência da Policia Federal do Rio de Janeiro não tem “nenhum parente mu sendo investigo”. Segundo ele,o atual superintendente da Policia Federal está sendo nomeado diretor executivo a PF. “Se ele fosse desafeto meu,e se eu tivesse ingerência,ele não iria para lá. Ele vai ser o número dois da PF”,afirmou o residente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.