Mais um médico gaúcho é investigado por suspeita de abuso sexual contra pacientes

FONTE: O SUL

Suspeito de abuso sexual mediante fraude contra pacientes, um médico de Cruz Alta (Região Noroeste do Estado) é alvo de investigação pela Polícia Civil. Ao menos dez vítimas já foram ouvidas até agora, todas elas mulheres. O nome do profissional não foi divulgado pelas autoridades.

De acordo com a titular da Delegacia responsável pelo caso, Jaqueline Pellegrini, os crimes teriam sido cometidos durante consultas relativas a medicina do trabalho. Dentre as práticas relatadas estão toques inadequados nos seios das pacientes, sem motivo que justificasse tal procedimento.

A situação veio à tona no final do mês passado, com a decisão de duas mulheres em procuraram as autoridades para denunciar abusos. Em seguida, outras também criaram coragem em falar – foi quando a polícia percebeu diversos  pontos em comum nas informações detalhadas.

O inquérito agora se encontra na fase de depoimentos e poderá ser requisitado o apoio de serviços periciais, a exemplo do que foi feito no caso do cirurgião-plástico gaúcho preso pelo mesmo tipo de conduta.

Há quase três semanas, agentes da corporação cumpriram mandado de busca e apreensão em endereços profissionais e residenciais do médico para cumprir mandados judiciais de busca e apreensão. O conteúdo de equipamentos como celular e computador recolhidos nesses locais estão sendo analisados.

Novas testemunhas

Eventuais vítimas ou testemunhas que ainda não se manifestaram podem acionar a unidade especializada de Cruz Alta, por meio do telefone para contato é (55) 3322-6160. A Polícia Civil acredita, inclusive, que outros relatos poderão ser adicionados nos próximos dias, à medida em que o caso se torne mais conhecido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.