Manifestantes acendem velas em homenagem às 500 mil vítimas da Covid-19, em Porto Alegre

FONTE:CORREIO DO POVO

Familiares de vítimas da Covid-19, lideranças religiosas e ativistas de movimentos sociais se reuniram no início da noite desta terça-feira, no Monumento ao Expedicionário, na Redenção, em Porto Alegre, para uma homenagem às mais de 500 mil mortes registradas na pandemia no país.

O grupo acendeu velas em memória aos brasileiros que perderam a vida em decorrência da doença, durante o ato intitulado “500 velas para 500 mil mortes”. Os manifestantes exibiam faixas com mensagens pedindo a vacinação em massa, contra o racismo e em defesa dos povos indígenas.

Além da cerimônia com acendimento de velas, nomes de vítimas da Covid-19 foram lembrados no ato, promovido pelo movimento Respira Brasil e o Fórum Inter-religioso e Ecumênico do Rio Grande do Sul, entre outros. Uma das entidades organizadores do protesto, a Associação das Vítimas e Familiares de Vítimas de Covid 19 (Avico Brasil) explica que cada vela acesa representa mil histórias de vidas sacrificadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.