O coronavírus continua infectando e matando gaúchos. Estado já soma quase 168 mil casos confirmados e 3.538 mortes pela doença

FONTE: O SUL
A mais recente atualização estatística da pandemia, nesta quinta-feira (17), elevou para 167.781 o número de testes positivos de coronavírus já notificados no Rio Grande do Sul, incluindo um total de 4.268 mortes. Foram 3.538 novos casos e mais 52 óbitos. Ao menos 153.678 infectados gaúcho já se recuperaram, o que representa 92% dos registros.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual da Saúde), as últimas perdas humanas abrangem vítimas em uma faixa de 28 a 92 anos de idade. Mas o predomínio de idosos entre os falecimentos continua, conforme verificado desde os primeiros desfechos fatais da doença, em março. Confira a lista, em ordem alfabética por município de residência:

– Alvorada (homem, 72 anos);

– Alvorada (mulher, 58 anos);

– Antônio Prado (homem, 78 anos);

– Arroio dos Ratos (mulher, 86 anos);

– Butiá (homem, 45 anos);

– Cachoeirinha (homem, 66 anos);

– Cachoeirinha (homem, 28 anos);

– Cachoeirinha (homem, 50 anos);

– Canoas (homem, 75 anos);

– Carlos Barbosa (homem, 77 anos);

– Cruz Alta (mulher, 71 anos);

– Dois Irmãos (homem, 43 anos);

– General Câmara (homem, 94 anos);

– Giruá (homem, 72 anos);

– Guaíba (mulher, 68 anos);

– Jaquirana (mulher, 49 anos);

– Lajeado (homem, 73 anos);

– Nova Hartz (homem, 44 anos);

– Nova Santa Rita (homem, 77 anos);

– Novo Hamburgo (homem, 72 anos);

– Novo Hamburgo (homem, 61 anos);

– Novo Hamburgo (homem, 70 anos);

– Novo Hamburgo (mulher, 66 anos);

– Osório (mulher, 81 anos);

– Parobé (homem, 64 anos);

– Parobé (homem, 67 anos);

– Passo Fundo (mulher, 76 anos);

– Passo Fundo (homem, 81 anos);

– Pinheiro Machado (mulher, 67 anos);

– Porto Alegre (mulher, 96 anos);

– Porto Alegre (mulher, 67 anos);

– Porto Alegre (mulher, 93 anos);

– Porto Alegre (mulher, 72 anos);

– Porto Alegre (homem, 75 anos);

– Porto Alegre (mulher, 85 anos);

– Porto Alegre (mulher, 57 anos);

– Porto Alegre (mulher, 82 anos);

– Porto Alegre (homem, 69 anos);

– Porto Alegre (homem, 52 anos);

– Porto Alegre (homem, 51 anos);

– Porto Alegre (mulher, 73 anos);

– Porto Xavier (homem, 69 anos);

– Redentora (homem, 92 anos);

– Santa Maria (homem, 76 anos);

– Santa Maria (homem, 90 anos);

– Santo Antônio da Patrulha (mulher, 71 anos);

– São Jorge (homem, 91 anos);

– São Leopoldo (homem, 79 anos);

– São Leopoldo (mulher, 24 anos);

– Sapiranga (homem, 71 anos);

– Sapucaia do Sul (homem, 90 anos);

– Vacaria (homem, 70 anos).

Convênio

A SES anunciou a assinatura de um novo convênio com a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) para a realização de 30 mil exames diários do tipo “RT-PCR” para detecção de coronavírus, contra os 500 da capacidade máxima da instituição. A iniciativa também prevê R$ 3,6 milhões em recursos para aquisição de insumos.

Desde abril, a instituição é parceira do governo do Estado nessa modalidade de procedimento, também realizada pelo Lacen (Laboratório Central do Estado) e outras universidades gaúchas.

Também foi confirmado o início da terceira etapa do projeto “Testar-RS”. A partir da próxima semana, devem entrar em funcionamento as centrais regionais de triagem dos exames RT-PCR enviadas para análise fora do Rio Grande do Sul.

As centrais serão instalados em Santa Maria, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Passo Fundo, Pelotas e Erechim. São enviados para laboratórios do Rio de Janeiro ou São Paulo os exames de pacientes com sintomas mais leves da Covid-19 que tenham menos urgência de retorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.