O Rio Grande do Sul registra 577 novos casos de coronavírus e mais seis óbitos causados pela doença

FONTE: O SUL
O Rio Grande do Sul registrou neste domingo (31) 577 novos casos da Covid-19 e teve confirmados mais seis óbitos, informou a SES (Secretaria da Saúde). O total de casos confirmados é de 547.282, e o de óbitos, 10.669. Os recuperados são 523.871 (96% dos casos).

Entre os óbitos divulgados, um ocorreu dia 29 de dezembro, os demais entre os dias 10 e 29 de janeiro. A atualização teve ainda 3 casos excluídos por duplicidade ou revisão de resultado.

Os novos óbitos são de residentes dos municípios de: Caxias do Sul (homem, 88); Esteio (mulher, 71); Porto Alegre (homem, 78); Porto Alegre (mulher, 74); Rio Grande (mulher, 87); Sobradinho (homem, 93).

Os novos casos confirmados são de pacientes que residem nos seguintes municípios:

Ajuricaba – 1;
Alvorada – 5;
Bagé – 14;
Butiá – 1;
Cachoeira do Sul – 12;
Cambará do Sul – 1;
Canoas – 5;
Caxias do Sul – 23;
Cotiporã – 2;
Cruz Alta – 3;
Dom Pedrito – 5;
Giruá – 2;
Guaíba – 1;
Harmonia – 2;
Horizontina – 1;
Ibirubá – 17;
Ijuí – 15;
Manoel Viana – 1;
Marau – 36;
Não-Me-Toque – 3;
Nova Esperança do Sul – 4;
Nova Hartz – 5;
Novo Hamburgo – 2;
Osório – 4;
Passo Fundo – 34;
Pelotas – 8;
Portão – 1;
Porto Alegre – 137;
Rio Grande – 46;
Rio Pardo – 1;
Salto do Jacuí – 2;
Santa Maria – 31;
Santana do Livramento – 34;
Santiago – 9;
Santo Ângelo – 1;
Santo Augusto – 1;
São Borja – 30;
São Domingos do Sul – 2;
São Gabriel – 11;
São Leopoldo – 32;
São Nicolau – 1;
Sério – 1;
Taquari – 1;
Tenente Portela – 1;
Teutônia – 3;
Torres – 5;
Tramandaí – 14;
Três Passos – 1;
Uruguaiana – 1;
Viamão – 4.

Segunda remessa de CoronaVac

Nesta segunda-feira (1º) será enviado aos municípios um novo lote, com 53,4 mil doses da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan. Também haverá entrega de outras 170,8 mil doses de CoronaVac recebidas na primeira remessa, reservadas para a segunda dose.

A segunda remessa de CoronaVac destinava-se inicialmente à continuidade da vacinação de trabalhadores da saúde que atuam diretamente na linha de frente de combate à Covid-19. No entanto, a SES decidiu utilizar parte das doses para fazer algumas correções. As doses restantes serão encaminhadas a esses profissionais ainda não imunizados. Todas as 53,4 mil doses da CoronaVac serão utilizadas para a aplicação da primeira dose.

A Secretaria da Saúde se baseou em dados da base apresentada pelo CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde), do Ministério da Saúde, que toma por base as campanhas de influenza cuja vacinação inclui pessoas de 18 a 59 anos. A vacinação contra a Covid-19, porém, inclui trabalhadores da saúde de idade superior a 59 anos, o que fez com que o cálculo inicialmente utilizado para a distribuição de vacinas precisasse de ajustes.

A estimativa é de que hajam 361 mil trabalhadores da saúde e, com as correções, o valor de referência passa a ser 407 mil. Além disso, algumas ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos) não estavam cadastradas, o que fez com que o número real de idosos institucionalizados fosse subestimado.

A distribuição terá a mesma logística das outras distribuições, com apoio aéreo e terrestre. Essa é a terceira remessa de vacinas recebida pelo Estado. O primeiro lote, com 341,8 mil vacinas CoronaVac, chegou em 18 de janeiro. Somado às 116 mil vacinas da Oxford/AstraZeneca, recebidos em 24 de janeiro, o Rio Grande do Sul recebeu, até agora, um total de 511,2 mil doses de vacinas contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.