Para conter o avanço do coronavírus, Itália fechará escolas e universidades

FONTE: O SUL

A Itália vai fechar todas as escolas e universidades a partir desta quinta-feira (05) e até meados de março para enfrentar a epidemia do novo coronavírus, anunciaram agências italianas que citaram fontes governamentais. A decisão foi tomada durante um conselho de ministros em Roma pelo chefe de Governo Giuseppe Conte.

O país está entre os quatro mais afetados pela doença covid-19. O cinco primeiros são China continental (80.151 casos, incluindo 2.943 mortes), Coreia do Sul (5.186 casos, incluindo 28 mortes), Irã (2.336 casos, incluindo 77 mortes), Itália (2.036 casos, incluindo 52 mortes), Japão (268 casos, incluindo 12 mortes e mais de 700 casos registrados no navio Diamond Princess).

Com oito casos de coronavírus registrados em pessoas que estiveram de passagem pela Itália, cresce o medo na China de recontaminação do país onde a epidemia começou. Na Itália, a Bolsa de Valores de Milão registrava uma recuperação clara esta manhã, após várias sessões de queda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.