Polícia Civil deflagra nova fase de investigação contra a pedofilia em três cidades do Rio Grande do Sul

FONTE: O SUL
A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira (09) a etapa Em Nome do Filho da operação Innocentia que tem como objetivo o combate à pedofilia bem como a exploração sexual infantil, armazenamento e compartilhamento de materiais contendo imagens com crianças e adolescentes vítimas. A ação foi realizada pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Canoas), sob comando do delegado Pablo Queiroz Rocha.

Foram investigados quatro suspeitos. Dois deles foram presos em flagrante durante o cumprimento de cinco ordens judiciais em Canoas, Novo Hamburgo e São Leopoldo. O Instituto-Geral de Perícias participou junto para confirmar as provas encontradas nos computadores e mídias nas residências dos suspeitos.

As investigações duraram em torno de dois meses. O titular da DPCA ressaltou que, com o contexto da pandemia, as redes sociais e os meios eletrônicos ganharam ainda maior relevo no intercâmbio de informações e troca de materiais pela internet. Com igual força, constatou, a criminalidade se utilizou dos meios eletrônicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.