Polícia Civil desativa laboratório que produzia drogas sintéticas na Região Metropolitana de Porto Alegre

FONTE: O SUL
A Polícia Civil fechou um laboratório clandestino para a fabricação de drogas sintéticas localizado em uma residência no loteamento Auxiliadora, em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

No local, eram produzidos milhares de comprimidos de ecstasy, segundo informações divulgadas na manhã desta sexta-feira (13). Um jovem de 23 anos foi preso em flagrante. A operação policial foi realizada na noite de quinta (12).

No imóvel, foram encontrados diversos equipamentos para preparação das drogas sintéticas, como prensa hidráulica, liquidificador e formas, além de insumos como cafeína e lactose.

Mais de um quilo de ecstasy em pó, pronto para ser prensado em comprimidos, foi apreendido, o que renderia mais de 2 mil unidades para a venda. O homem preso admitiu que vendia as drogas em festas raves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.