Procon divulga pesquisa de preços do material escolar em Porto Alegre

FONTE: O SUL

O Procon Porto Alegre divulgou nesta terça-feira (29) a primeira etapa da pesquisa de preços dos itens básicos mais solicitados nas listas de material escolar das instituições de ensino. O órgão municipal consultou os valores de 34 produtos em quatro estabelecimentos especializados durante este mês.

O objetivo é levar até o consumidor as informações das diferenças de preços encontradas nas livrarias da Capital. Os demais levantamentos ocorrerão em janeiro e fevereiro.

“É importante que os pais já tenham uma ideia de quanto vai custar, em média, a compra do material escolar para planejar melhor os gastos. Além disso, pesquisar preços é saudável para a economia do consumidor e para a competividade dos comércios também”, destacou a diretora-executiva do Procon Porto Alegre, Fernanda Borges.

Entre os artigos pesquisados, estão cadernos, canetas, lápis, borrachas, colas e fitas. O caderno em espiral de 96 folhas pode ser encontrado por R$ 6,50 até R$ 13,90. O pacote de folha de ofício A4 com cem unidades tem diferença de R$ 1,09 entre o mais barato e o mais caro, custando R$ 4,40 e R$ 5,49, respectivamente. Já o lápis preto nº 2 pode ser comprado por R$ 0,28 ou por R$ 0,90 – uma diferença de mais de 200%.

Os itens encontrados com maior diferença de valor são apontador plástico com depósito (696%), tesoura simples (712,50%), fita crepe (820%) e esquadro plástico (1.600%). “Esta variação atesta a importância de se pesquisar os preços antes da aquisição da lista de material escolar, pois é uma diferença importante e que pesa no bolso das famílias”, explicou Fernanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.