Quase 4,5 milhões de pessoas devem se vacinar contra a gripe no Rio Grande do Sul

FONTE: O SUL

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começa na próxima segunda-feira (23) e prossegue até 22 de maio. A imunização será feita em três etapas destinadas a grupos prioritários considerados mais vulneráveis aos vírus que causam a doença (Influenza A-H1N1, Influenza A-H3N2 e Influenza B).

No Rio Grande do Sul, a estimativa é de que o público-alvo da campanha seja de aproximadamente 4,4 milhões de pessoas. A meta do Centro Estadual de Vigilância em Saúde é vacinar 90% dos grupos prioritários. No Brasil, o total da população-alvo é de 67,6 milhões de pessoas.

Idosos e trabalhadores na área da saúde são os primeiros grupos a serem vacinados. A população de idosos no RS soma 1,4 milhão de pessoas, sendo o grupo mais numeroso do calendário de vacinação de 2020.

O segundo grupo, a partir de 16 de abril, é formado por professores de escolas públicas e privadas e profissionais das forças de segurança e salvamento. Na terceira fase, a partir de 9 de maio, mesma data do Dia D de mobilização, começa a vacinação de crianças com idade entre 6 meses e 6 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Os sintomas da gripe são semelhantes aos provocados pelo coronavírus, mas a vacina que combate a Influenza não protege contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.