Quase uma tonelada e meia de alimentos impróprios para o consumo é apreendida no litoral gaúcho

FONTE: O SUL

Uma operação da Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar do Ministério Público apreendeu, na terça-feira (18), no Litoral Norte gaúcho, quase uma tonelada e meia de alimentos impróprios para o consumo. Um supermercado foi interditado e outros três estabelecimentos autuados nos municípios de Torres e Arroio do Sal.

Em Torres, o Nutripan foi interditado pelas más condições de higiene, incluindo a presença de ratoeira junto ao depósito, baratas e sapo. No local, 1,09 tonelada de produtos foi apreendida, principalmente de origem animal. O supermercado Nacional teve a padaria interditada por questões de higiene.

O Mercado La Família, na praia de Itapeva, teve em torno de 20 quilos de produtos vencidos apreendidos. No Balneário Pérola, em Arroio do Sal, em uma residência sem alvará, eram comercializados, de forma irregular, produtos alimentares e pescados. Mais de 200 quilos de peixes foram recolhidos. A fiscalização não encontrou nenhum problema no Hotel Bolzan.

O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, destacou que, apesar das irregularidades verificadas, notou-se uma melhora nos estabelecimentos visitados em relação a operações anteriores. “Isso demonstra uma mudança de cultura”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.