Rio Grande do Sul continuará vacinando contra o coronavírus os adolescentes sem comorbidades

FONTE: O SUL

A Secretaria da Saúde do Rio Grande do Sul e o Cosems/RS (Conselho das Secretarias Municipais de Saúde) decidiram, em reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite) realizada nesta terça-feira (21), continuar vacinando contra o coronavírus adolescentes sem comorbidades no Estado.

Nesta quarta-feira (22), mais de 1 milhão de doses de imunizantes da Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac serão entregues pela secretaria a todos os municípios gaúchos. “Importante destacar que só a Pfizer está autorizada para os adolescentes, e somente vacinas dessa marca estão sendo distribuídas para esse público”, alertou a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.

A proposta aprovada pelo governo do RS e pelos municípios foi de destinar 350 mil doses dessa remessa para primeiras doses, incluindo cerca de 165 mil da Pfizer para cobrir a totalidade da faixa dos 17 anos e 58% da faixa dos 16 anos. Essas idades podem variar de cidade para cidade conforme o avanço da campanha e a disponibilidade de doses.

Outras 38,5 mil doses serão distribuídas para atender a dose de reforço dos idosos que receberam a segunda aplicação até 25 de março, contemplando o prazo de seis meses entre as duas. Há ainda a destinação de aproximadamente 620 mil doses para a segunda dose de pessoas com mais de 18 anos, somando as três fabricantes. Com isso, o Estado completa as doses necessárias para todo o público adulto vacinável no RS.

O presidente do Cosems/RS, Maicon Lemos, reforçou o posicionamento conjunto dos municípios e do Estado na defesa pelo avanço da vacinação dos adolescentes com a Pfizer. “Temos a validação da Anvisa que autoriza a imunização dessa população entre 12 e 17 anos, assim como observamos o cenário internacional onde o mesmo acontece”, afirmou Lemos, que é secretário de Saúde de Canoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.