Temporal com rajadas de vento acima de 100 quilômetros por hora causa destruição em Guaíba

FONTE: O SUL

O forte temporal que atingiu Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre, por volta das 17h de segunda-feira (17), causou estragos em diversos bairros da cidade. As rajadas de vento, que ultrapassaram os 100 quilômetros por hora, segundo a MetSul Meteorologia, provocaram o tombamento de caminhões na BR-116 e quebraram vidros de casas e prédios, além de destelhar diversas residências.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Carmen Alice Laviaguerre e uma igreja foram destruídas. Várias ruas ficaram bloqueadas devido a alagamentos e queda de árvores e postes. O bairro Santa Rita foi um dos mais atingidos.

A prefeitura decretou situação de emergência e criou um comitê de crise para atender a população. Lonas foram distribuídas às pessoas que tiveram suas casas destelhadas. Cerca de 2,5 mil imóveis foram danificados, e moradores do município estão desabrigados.

Apesar dos grandes estragos, não há registro de feridos. Cerca de 15 mil clientes da CEEE- Equatorial ficaram sem energia elétrica em Guaíba por causa do temporal.

“O temporal que atingiu o município de Guaíba está, seguramente, entre os mais intensos que já atingiu a cidade. É um dos mais fortes temporais em anos na Região Metropolitana”, informou a Metsul.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.