Caminhoneiros fazem protesto contra a alta no preço dos combustíveis na BR-040, próximo a Brasília.

Transportadoras e caminhoneiros alertam para risco de nova paralisação

FONTE: O SUL
Nesta quarta-feira (8), representantes dos caminhoneiros voltaram a defender que a Petrobras realize o reajuste o preço do óleo diesel com menos frequência, espaçando o máximo possível os aumentos do valor do combustível. De acordo com representantes da categoria que participaram da audiência pública na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, a oscilação dos preços tem inviabilizado a definição do valor do frete cobrado, prejudicando os caminhoneiros autônomos e as transportadoras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.