A França venceu a Argentina por 4 a 3 e eliminou o time de Messi nas oitavas de final do Mundial

FONTE: O SUL

A França venceu a Argentina por 4 a 3, neste sábado (30), no primeiro jogo das oitavas de final do Mundial. Com o resultado, a seleção sul-americana foi eliminada da competição. A partida ocorreu na cidade russa de Kazan.

Os franceses abriram o placar aos 12 minutos do primeiro tempo com um gol de pênalti cobrado por Griezmann. A penalidade foi marcada pelo juiz iraniano Alireza Faghani, sem o auxílio do VAR (árbitro de vídeo, na sigla em inglês), depois que Mbappé arrancou em alta velocidade do seu campo de defesa e foi derrubado por Rojo dentro da área.

Mais desorganizada em campo do que o adversário e atacando pouco, a Argentina empatou aos 40 minutos da etapa inicial com um golaço do atacante Di María. Ele recebeu a bola de Tagliafico na intermediária, puxou para dentro e mandou uma bomba no ângulo para delírio da torcida argentina e do ex-craque Diego Armando Maradona, que assistia ao jogo em um camarote.

Logo no início do segundo tempo, aos 2 minutos, o lateral direito Mercado colocou os argentinos na frente do placar. Uma bola levantada na área espirrou e sobrou para Messi, que bateu para o gol. O chute do craque, que teve uma atuação discreta, foi desviado por Mercado.

Aos 11 minutos, os franceses empataram a partida com um golaço de Pavard. Hernández arrancou pela esquerda e cruzou para a área. A bola passou por todo mundo e Pavard chegou batendo de primeira, sem chances para o goleiro Armani.

Aos 18 minutos, os franceses marcaram o terceiro gol. Hernández cruzou na área e Matuidi tentou bater de primeira. A bola foi travada e sobrou para Mbappé, que deu um corte e bateu de perna esquerda para o fundo das redes.

Aos 22 minutos, Mbappé anotou o quarto gol francês em uma jogada bem trabalhada. A bola saiu do campo de defesa da França com Lloris, passou por Umtiti, Matuidi, Kanté e Giroud até chegar a Mbappé, que apareceu com velocidade para concluir.

Já nos acréscimos, aos 47 minutos, Agüero aproveitou o cruzamento de Messi e descontou, de cabeça, para a Argentina. Antes do apito final, os hermanos ainda tiveram mais uma jogada de ataque. O chute desviado de Meza foi para fora.

Primeira fase

O time de Messi, que era a grande esperança dos argentinos nesse Mundial, sofreu para passar da fase de grupos do torneio. A equipe ficou em segundo lugar no grupo D, com quatro pontos. Os argentinos, treinados por Jorge Sampaoli, empataram em 1 a 1 com a Islândia, foram goleados por 3 a 0 pela Croácia e venceram, no sufoco, a Nigéria por 2 a 1.

Já a França, do técnico Didier Deschamps, se classificou como líder do grupo C, com sete pontos. Na primeira fase, os europeus venceram a Austrália por 2 a 1, o Peru por 1 a 0 e empataram com a Dinamarca em 0 a 0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.