Andar de Hospital Fêmina passa por perícia após incêndio em Porto Alegre

FONTE: G1.COM/RS

O sexto andar do Hospital Fêmina, em Porto Alegre, foi periciado neste domingo (17), após incêndio ocorrido no dia anterior. Os pacientes, dos quais várias crianças, e também do sétimo andar foram removidos, e o local permanece interditado, conforme o hospital. Ninguém se feriu.

Depois da vistoria, a equipe de engenharia do próprio hospital irá avaliar as condições do local para voltar a funcionar, conforme o gerente de internação da instituição, Eduardo Neubarth Trindade. A previsão para liberação é até a manhã de segunda-feira (17). No andar, funciona a UTI Neonatal e também o Centro Obstétrico.

A perícia não apontou nenhuma causa preliminar para a ocorrência do fogo, que iniciou em uma sala que estava vazia, segundo Trindade.

O incêndio está sendo investigado pela 10ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, que confirma que já ouviu algumas pessoas, mas não dá informações sobre o andamento das investigações.

No total, 32 pacientes foram removidos. Três foram para outros andares do Fêmina, e os demais, encaminhados para o Hospital de Clinicas, Santa Casa, Hospital Conceição e Hospital São Lucas.

Segundo Trindade, os pacientes estão acomodados nos hospitais e não precisarão retornar ao Fêmina, a não ser em casos de necessidade. Nenhum dos internados estava em estado grave, conforme o hospital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.